Disponível em: Textos para Dsicussão

 

Autores

Sérgio Ricardo de Brito Gadelha
José Angelo Divino

Resumo: O modelo DSGE novo-keynesiano elaborado por Gali, Lopez-Salido e Valles (2007) é
modificado com a inclusão de regras de tributação distorciva, regra de gasto governamental
pró-cíclico e regra de Taylor que responde à inflação esperada, a fim de investigar os impactos
da política fiscal sobre o nível de atividade econômica. Esse estudo contribui à literatura por
oferecer uma análise qualitativa dos mecanismos de transmissão de quatro choques: choque
de produtividade, choque de demanda agregada, choque de oferta agregada e choque de
gasto governamental. Empregando métodos de inferência bayesiana em dados fiscais e
macroeconômicos brasileiros abrangendo o período de 1996 a 2011, os principais resultados
obtidos são: (i) efeito crowding-out do gasto governamental em relação ao consumo privado,
de acordo com o postulado neoclássico; (ii) resposta negativa das horas trabalhadas e dos
salarios reais após um choque de produtividade; (iii) as regras pró-cíclicas de tributação (lumpsum
e distorcivas) e de gastos governamentais.

 

A Série de Textos para Discussão

A série de Textos para Discussão do Tesouro Nacional aspira a ser instrumento consolidado de produção e difusão do conhecimento acerca dos temas de interesse da STN, a fim de estimular a incidência do debate sobre finanças públicas na agenda nacional.

A série pretende fomentar a produção acadêmica, assim como a de proposições práticas, ancoradas em estudos e pesquisas, de modo a fazer avançar a fronteira do conhecimento em áreas relevantes para a tomada de decisão pública e privada no país.

Publicado: 2019-12-05

Edição completa